skip to Main Content
Programa Bilíngue também se reinventou e resultado tem sido satisfatório

Programa Bilíngue também se reinventou e resultado tem sido satisfatório

No cenário atual, fomos apresentados a uma nova forma de viver a aprendizagem: a modalidade remota. Esse tipo de ensino veio cercado de desafios para todas as disciplinas e faixas etárias, contudo, para o ensino de inglês das crianças da Educação Infantil e dos anos iniciais do Ensino Fundamental, surgiram alguns mais. Como manter a atenção das crianças e fazer com que elas participem da aula em uma língua que não conhecem? Como estimular a curiosidade e trazer entusiasmo para elas apenas diante de uma tela?

Essas crianças que iam todos os dias para a escola tinham uma rotina, contato físico com seus amigos, brincavam em áreas externas como parques e passeavam com os familiares, mas agora não podem praticar essas atividades como antes. É muito difícil para elas permanecerem sentadas e focadas, mesmo porque a criança aprende com o corpo todo. Fazer uso de recursos audiovisuais, contação de histórias, dança, canto, mímicas trazendo, de certa forma, movimento às aulas tem tido resultados bastante positivos no ensino da língua inglesa.

A língua estrangeira exige dos educadores uma atitude de acolhimento com os alunos, não se restringindo às ideias de certo ou errado e respeitando a individualidade de cada um. Assim sendo, torna-se necessário ressignificar esses conceitos, pois toda jornada de aprendizado da criança importa. Por isso, é necessário incentivar os processos de aprendizado para serem realizados de forma produtiva e espontânea.

Seja na modalidade remota ou híbrida, é possível manter a qualidade do ensino bilíngue e o ritmo de contato dos alunos com a língua inglesa sem romper a familiaridade adquirida durante as atividades presenciais. Porém, é muito importante ressaltar que a criatividade e a qualidade do corpo docente e a parceria entre a família e a escola são indispensáveis.

Aqui no Platão, as crianças mantiveram o contato com os professores nas aulas online para que pudessem interagir e praticar a língua. Durante essas aulas, tiravam suas dúvidas, cantavam, brincavam em momentos de bastante acolhimento. Além disso, os professores gravavam e enviavam para os alunos vídeos com explicação de conteúdos, contação de histórias e muita ludicidade. Agora, com o ensino híbrido, as crianças que estão em casa acompanham as aulas ao vivo e interagem com os amigos e professores em tempo real. Todos juntos, aprendendo e exercitando a língua aplicada no cotidiano. E, como já é nossa marca, a parceria com as famílias tem sido de suma importância nesse processo. O programa bilíngue se reinventou e tem tido excelentes resultados.

Por Ivana Barankievicz, Supervisora de Idiomas do Colégio Platão

Compartilhe:

Colégio Platão

Fundado em 1985, o Colégio Platão, por meio da Educação Infantil, do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, transformou-se em referência na educação para crianças e jovens de Maringá e região. Nestes 30 anos, o Platão tem ensinado milhares de estudantes e ajudado a formar milhares de cidadãos.

Este artigo tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
Abrir o chat
Precisa de ajuda?
Olá!
Como podemos te ajudar?